blog

ACIONE O
MODO ULTRA


COMECE
AGORA
Contato whats WhatsApp
18 06 20
6 dicas para enfrentar a crise com uma boa comunicação interna

Se mesmo sem crise, a comunicação interna é importante para sua empresa, imagine como ela tem valor em épocas de recessão, quarentena e pandemia. Sim, a crise assusta, exige cortes, redução de jornadas, diminuição do ritmo e, de certa forma, todos acabam inseguros com as adaptações. Por isso, se essas negatividades não forem amenizadas por uma comunicação de qualidade, a tendência é que os problemas fiquem ainda maiores. Mas como estruturar a comunicação interna da sua empresa em tempos difíceis?  A resposta está nas dicas a seguir:

1. Use os canais certos

Existem diversos canais que podem ser usados na boa comunicação interna da sua empresa, como mural de notícias, cartazes, informativos periódicos, e-mails marketing, pagina de intranet, rádio ou TV interna, aplicativos, redes sociais e muitos outros. Porém, é preciso verificar qual canal mais acessado durante um período de home office e quarentena. Provavelmente os mais indicados são e-mails, aplicativos e redes sociais, tanto na viabilidade quanto no alcance.   

2. Deixe as informações acessíveis a todos

O ponto principal de uma comunicação interna bem estruturada é o fato de todos serem alcançados pelas informações. Por exemplo: se depois de uma análise, sua empresa, decidiu utilizar o e-mail como principal canal, é importante saber se todos conseguem verificar seus e-mails diariamente. Caso contrário, é necessário ter um canal de reforço, como o WhatsApp. É preciso garantir que a informação chegue a todos com clareza, sem interferências e ruídos. 

3. Evite qualquer ruído

Um fator que pode agravar a crise na sua empresa é o mal-entendido causado pelos ruídos na comunicação. Por isso, seja sempre claro e objetivo com as decisões tomadas pela crise. Comunique as decisões só quando forem definitivas, para evitar polêmicas. Apresente os motivos e não deixe que a falta de explicação prejudique a interpretação ou promova presunções, teorias e desconfianças. Elimine toda possibilidade de fofoca e ?telefone sem fio?.  

4. Seja transparente na gestão da crise

A transparência é fundamental para uma boa gestão. Pois deixa todos cientes das estratégias e resultados alcançados. Em meio a uma recessão, essas estratégias passam por interrupções ou adaptações que precisam ser informadas o mais rápido possível. Cortes, cancelamentos, adiamentos e novas prioridades devem estar disponíveis a todos os colaboradores. Não faça suspense. Se for preciso demitir, comunique. Mas se não vai precisar, esclareça já de início. 

5. Escute os colaboradores e interaja com todos

A participação de todos nas estratégias anticrise são fundamentais para engajar equipes, motivas pessoas e reter talentos. Por isso, ouça o que cada profissional tem a dizer. Mantenha uma interação para checar se todos estão bem. Não demore para responder as perguntas. Se não souber a resposta na hora, responda que recebeu a mensagem e determine um prazo para tirar a dúvida em questão. Dê e receba feedbacks. 

6. Faça reuniões por videoconferência ou calls

Em tempos de crise, é fundamental manter um alinhamento com todos. Para isso, faça reuniões rápidas, mas frequentes. É claro que, com a pandemia, esses encontros serão a distância, via calls ou por videoconferência. O importante é estabelecer e alinhar prazos e estratégias, além de verificar a produtividade de todos em meio às ?turbulências?. Marque, pelo menos, uma reunião por quinzena e certifique-se de que tudo está correndo bem. 

Viu como uma boa comunicação interna é fundamental o enfrentamento da crise? Então aproveite essa ferramenta básica de endomarketing e faça dos seus colaboradores os maiores aliados da sua empresa, mesmo nessa fase de desafios. Lembre-se: caso você precise de ajuda para implantar ou incrementar a comunicação interna na sua empresa, estamos ultra preparados para ajudar você. Comente e tire suas dúvidas. Ou entre em contato pelo WhatsApp: (47) 98818-9057